Planilha de treinamento

cropped-img_20170616_132704_776-e1521126695961.jpg

– Olá pessoal!

– Sejam bem-vindos ao oitavo capítulo do nosso blog TRAVEL WITH MARATHONS!

– Somos Luiz Mota e Marília Carneiro, adeptos de viagens e corridas de rua, em especial a meia-maratona e a maratona.

– Hoje abordaremos a planilha de treinamento.

– A nova planilha de treinos específica para corrida seguinte é programada de acordo com as suas variáveis como tipo de terreno, se tem muitas ladeiras, curvas, clima, horário de início da prova, qual o nosso objetivo e outras tantas peculiaridades de cada corrida.

– Quanto ao tipo de terreno, a maioria das nossas corridas são em asfalto e concreto, seja nos centros urbanos ou nos seus arredores. Entretanto, nossas duas últimas foram em terreno misto. Em 2019 estamos programados para participar de algumas corridas fora do asfalto, como uma que é toda na areia da praia, outra que é uma prova de trilhas e uma no sertão nordestino todas com temperatura bastante elevada, que nos fará mudar o tipo de treino.

– Nas corridas com muitas ladeiras procuramos além de incluir treinos nas subidas e descidas, treinos em escadas.

– Em relação ao clima, nas provas nas quais a temperatura é elevada, procuramos fazer alguns treinos com temperaturas similares. Em Recife é fácil correr para tal fim.

– O horário da prova é o mais difícil para adequar-nos pois variam muito e temos nossa preferência de horário para treinar que é no final da tarde e início da noite. Assim nas provas diurnas que começam às quatro, cinco ou seis horas da manhã ficam mais complicadas para nos adaptar.

– Sabendo o destino e maratona, tendo as passagens, o seguro-saúde, a estadia, avaliação médica, a avaliação do educador físico, a nova planilha de treinamento, o nosso próximo passo é conferir todos os itens que compõem o nosso check-list de viagem. Mas isso abordaremos no próximo capítulo.

– Bom pessoal, este é o oitavo capítulo do nosso blog TRAVEL WITH MARATHONS e esperamos que tenham gostado. Caso tenham sugestões escrevam nos comentários que na medida do possível incluiremos na nossa pauta.

– E lembrem-se “A melhor forma de conhecer uma cidade é à pé… Em nosso caso, é correndo”.

– Fiquem com Deus.

– Abraços a todos.

Luiz Alberto e Marília.

 

 

Anúncios